Casa ou apartamento? Confira qual a melhor escolha para você!
374
post-template-default,single,single-post,postid-374,single-format-standard,bridge-core-1.0.4,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-title-hidden,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-18.0.8,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_advanced_footer_responsive_1000,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.6.0,vc_responsive

Casa ou apartamento? Confira qual a melhor escolha para você!

Listamos as vantagens e desvantagens de cada opção para te ajudar na hora da escolha.

Seja na hora de comprar ou alugar, é muito comum pintar aquela dúvida: casa ou apartamento, qual a melhor opção?

Não existe um consenso, e nem uma regra que valha para todo mundo, afinal ambas as opções apresentam características particulares. Por isso, o ideal é analisar qual delas se encaixa mais no seu perfil e atende melhor a suas expectativas.

Pensando nisso, preparamos uma lista com as vantagens e desvantagens de cada uma das opções.

Morar em uma casa:

  • Vantagens

Maior espaço disponível

Via de regra, as casas têm uma metragem maior do que a disponível na maioria dos apartamentos. Contando com número maior de cômodos e sendo mais espaçosos, sem falar na garagem particular e no quintal disponível, é uma opção interessante para famílias com crianças, pets e para pessoas que gostam de realizar confraternizações de maneira frequente.

 

Não tem taxas extras

A maioria das casas, com exceção àquelas que são em condomínios fechados, não existe nenhuma taxa mensal adicional após a compra. Se levar em consideração todos gastos os básicos em uma residência, como água, luz, internet e IPTU, uma conta a menos no fim do mês pode representar um impacto positivo significativo no seu orçamento geral.

 

Mais privacidade e liberdade

Na sua casa você pode fazer suas próprias regras de convivência entre os moradores, isso sem precisar participar de reuniões de moradores ou assembleias de condomínio. Além disso, as casas não são tão próximas umas das outras, como é obrigatoriamente nos apartamentos. Fazendo com que tenha que se preocupar menos com reclamações sobre barulhos, crianças e pets por exemplo. Óbvio que não é por isso que você pode fazer qualquer coisa que queira como festa todos os dias até altas horas da madrugada, afinal a lei do silêncio vale para todos, e manter uma boa vizinhança é essencial em todas as circunstâncias.

 

Você decide quando e como reformar
Quer pintar a fachada da sua casa na sua cor favorita? Sem problemas. Quer trocar todos os azulejos do banheiro e da cozinha? Também pode. Ou ainda construir um cômodo novo totalmente do zero? Sim também. Ao contrário dos prédios onde as obras são restritas e precisam ser avisadas e autorizadas, na sua casa você pode começar, parar e continuar quando bem entender e da maneira que for melhor para seu orçamento. Sem falar, é claro, que não vai ser preciso uma votação coletiva de centenas de moradores em cada um dos itens escolhidos, desde a cor a ser utilizada até a empresa escolhida.

 

Pode ter quais e quantos Pets quiser

Você pode ter um hamster, um gato, um papagaio, um jabuti, peixinhos dourados e um cachorro, aliás, pode ter todos eles ao mesmo tempo. No apartamento, ainda que coubessem todos esses bichinhos muito dificilmente as regras do prédio permitiria ter todos eles, isso sem falar nos vizinhos que provavelmente não iriam gostar muito de morar ao lado desse mini zoológico. Além disso, numa casa é mais fácil garantir que os pets se sintam mais à vontade e tenham espaço para praticar atividades físicas e gastar suas energias, sem precisar ter que ficar saindo todo dia com eles para passear.

 

  • Desvantagens

Menos segurança

As casas costumam ser mais fáceis de invadir e roubar, isso porque os prédios contam com portaria e segurança, além de câmeras e alarmes. Então, se você costuma passar o dia todo e a noite fora, ou viaja por vários dias deixando a casa vazia por longos períodos, isso representa um risco à segurança do imóvel. Uma solução prática, ainda que tenha um custo  alto, é instalar um sistema de segurança na residência.

 

Gastos extras e manutenção constante

As obrigações em uma casa são inúmeras, desde as cotidianas como faxina e até a manutenção básica, como jardinagem, limpeza de calhas, caixa de gordura e esgoto. Isso sem falar nas questões estruturais como possíveis infiltrações, vazamentos etc. Também no caso de um acidente repentino como queda de àrvores e telhas quebradas por causa de chuvas e ventanias, além de vários outros tipos de eventualidades, é preciso estar preparado para arcar com esse gasto financeiro extra. Como de antemão, é possível prever que em algum momento esses reparos serão necessários é aconselhável economizar e fazer uma reserva de emergência.

 

Morar em um apartamento:

  • Vantagens

Excelente localização e acessibilidade

Por serem parte de grandes empreendimentos imobiliários os prédios e condomínios, em sua maioria, estão muito bem localizados, próximos aos centros urbanos ou vias de grande movimentação com acesso facilitado, tanto à opções de transporte urbano público quanto das rodovias e vias principais da cidade. E justamente pela sua presença na região, é comum contar com uma ampla rede de comércio no seu entorno, como supermercados, farmácias e escolas, o que privilegia ainda mais a localização, além de facilitar no cotidiano por dispensar longos deslocamentos.

Maior segurança

Portaria controlando a entrada e saída de pessoas, câmeras e alarmes são apenas algumas das medidas de segurança utilizadas nos prédios. Para pessoas que passam a maior parte do tempo fora de casa ou tem na sua rotina viagens constantes, não ter a preocupação com roubo ou invasão é sem sombra de dúvidas uma das maiores vantagens de se morar em apartamento.

Manutenção é responsabilidade do condomínio

Por serem normalmente menores do que as casas, os apartamentos demandam muito menos trabalho na hora de cuidar e limpar, inclusive a arquitetura dos prédios favorece para que menos poeira e sujeira da rua entrem nas residências.

Além disso, morar em um ambiente bonito e bem cuidado constantemente, sem ter que se preocupar com isso, é reconfortante. Desde às pequenas manutenções como elevador, pintura, jardinagem, abastecimento de água, limpeza das áreas comuns, até as mais complexas como limpeza da caixa de gordura e caixa d’agua, desentupimento de esgotos, rachaduras etc. E caso aconteça algum imprevisto, você não precisa se preocupar pois tudo será resolvido pelo síndico, zelador ou porteiro. E o melhor tudo isso, é claro, sem pagar nada a mais do que o que já está previsto na taxa de condomínio.

Infraestrutura completa

Salão de festas, playground, piscina, churrasqueira e academia são algumas das opções oferecidas na grande maioria de prédios e condomínios. No entanto atualmente é possível encontrar também opções com uma estrutura ainda mais completa, como espaço gourmet, áreas de lazer,  banho e tosa para pets, quadras esportivas e até pequenos parques particulares.

Tudo isso além de oferecer muito mais lazer para os moradores e seus convidados, traz também muita comodidade, afinal não é preciso nem sair para ter acesso a todos esses benefícios, e para quem tem pets, não é preciso levá-los à rua todos os dias para passear. E segurança, principalmente para quem tem crianças, sendo muito mais tranquilo permitir que brinquem dentro do ambiente do condomínio.

Mais Econômico

Colocando na ponta do lápis todos os gastos que estão embutidos na taxa condominial, você vai observar que é muito inferior ao de contratar um a um os serviços e benefícios oferecidos, como os citados acima.
Isso sem falar no valor desembolsado de forma individual para a manutenção cotidiana, que é obviamente muito menor do que se fosse pago sozinho.

  • Desvantagens

As regras e decisões são coletivas

Para garantir a boa convivência em um ambiente com tantos moradores, é extremamente indispensável que as regras sejam igualitárias e cumpridas à risca por todos. Por isso, existe o estatuto do condomínio, com tudo que pode ou não ser feito, e as medidas cabíveis de punição em caso de descumprimento.

Também por isso todas as decisões e mudanças são feitas através de assembléias de moradores e reuniões de condomínio.

Inclusive antes de fazer qualquer reforma no seu imóvel, é preciso notificar o condomínio e obter ou não a autorização para a obra.

 

Proximidade com vizinhos e menos privacidade

Não tem como fugir, os apartamentos ficam lado a lado um com os outros e por melhor que seja o isolamento acústico, é preciso ter cuidado para não incomodar ou invadir indiretamente o espaço alheio. Só que nem sempre isso é possível, sendo comum ouvir conversas, brigas e ruídos vindos dos vizinhos.

O contato humano é inevitável, seja no corredor, elevador ou nas áreas comuns, e esse senso de comunidade acaba incitando as fofocas, o que muitas vezes é um fator bem desagradável.

Existe ainda a possibilidade da proximidade com outros edifícios, na frente ou dos lados, fazendo com que exista o contato, mesmo que apenas visual, com moradores desconhecidos dos outros prédios.

Restrições para Pets

Se você tem Pets, precisa obviamente pensar também neles na hora da mudança, mas a grande maioria dos prédios possui algum tipo de restrição aos pets, ainda que eles não possam ser proibidos. Normalmente são liberados os pets pequenos como cães e gatos, só que mesmo nesses casos, é preciso avaliar se o animalzinho vai se adaptar bem ao ambiente. Os latidos, por exemplo, são uma das maiores fontes de reclamação e brigas entre moradores.

 

E então, conseguiu se decidir?

Não importa qual tenha sido a sua escolha, na Aloisio Imóveis você encontra as melhores opções de moradia para comprar ou alugar.

Consulte o nosso site e confira, ou entre em contato pelo WhatsApp (12) 99127-6854 e converse com um de nossos corretores.

Nenhum comentário

Publique um comentário